Segundo dia de aula ou Nina, a aluna truqueira

Hoje foi o nosso segundo dia de aula no curso para mães de primeira viagem oferecido pelo posto de saúde do bairro (pra ler sobre a primeira aula, clique aqui). Como o encontro dura só uma hora e meia, os assuntos propostos pra cada dia não são aprofundados a ponto de você sair de lá se sentindo uma enciclopédia da primeira infância, mas já dão uma boa base pras mais perguntadeiras tipo eu interessadas.

O papo de hoje rolou em torno do desenvolvimento do bebê. Aquela conversa toda sobre quando nossas delicinhas começam a sorrir, rolar, ter dentes, engatinhar, comer sólidos, andar etc. É bem bacana poder antecipar na nossa imaginação o que nossos filhos estarão fazendo daqui 1, 2, 3 meses, mas o que vale é a máxima de que “cada criança se desenvolve de uma forma diferente”. E fim de papo.

A enfermeira também ensinou umas técnicas de massagem pra fazermos nas nossas crias. Pena que nessa hora tão gostosa Nina ficou de rango e preferiu cair de boca no leite a ser bezuntada. Aliás, é bem legal observar o comportamento de cada nenê durante as aulas.

Um dos meninos – uma graça! – é mais chorão. Observa tudo atentamente, mas prefere ficar sentadinho no colo da mãe a ser colocado no tapete, senão abre o berreiro. Outro menininho – troço! – é o mais quietinho; prematuro, participa de tudo, mas é mais delicadinho e exige um cadinho mais de cuidado. Uma das meninas, a mais velha da turma – o auge da gostosura do alto dos seus 5 meses – é a que mais interage nas brincadeiras e é usada como exemplo pra tudo. A outra coleguinha – linda de babar – não chora, sorri quando tem de sorrir, presta atenção quando tem de prestar atenção e seus cabelos imensos não despenteiam nem quando tira o gorro.

Já Nina é aquela aluna truqueira. É a primeira a chegar pra bater um papo sozinha com a monitora e ganhar moral porque cumpre os horários. Observa absolutamente tudo, fazendo a pobre mãe girar feito um peão pra que seus olhinhos registrem tudo o que está ao seu redor. Dá um risinho faceiro toda vez que falam com ela, mas é só a aula começar pra ela cair no sono, dormir pesado, chapadona!

Sabe aquela colega que é simpaticona com os professores, bróder da galera, mas que vive dormindo na sala de aula e te liga sempre dois dias antes da prova pedindo pra você levar suas anotações porque ela quer xerocar? Pois é.

7 comentários em “Segundo dia de aula ou Nina, a aluna truqueira”

  1. Mila Melo Disse:
    7 de fevereiro de 2012 às 15:34

    Essa mãe de Nina é muito figura!

  2. Lidiane Disse:
    7 de fevereiro de 2012 às 16:24

    Camila, estou adorando seu blog! Lia o da imigração, e só agora descobri o “maternité”! hahahah Coincidentemente, tenho uma bebê de 20 dias de nascida hoje, que demorou 41 semanas e 1 dia para sair do bucho da mãe! Também moro em Montréal (em Châteauguay, mas vale, né?) e vai ser ótimo acompanhar as experiências com a Nina para saber o que me aguarda! =)

  3. FLAVIA Disse:
    7 de fevereiro de 2012 às 17:46

    Conheço. E ainda tinha cara de pau de xerocar de 2, caso o primeiro “esquecesse” de algum detalhe…coisas da vida.

  4. Renatinha Disse:
    7 de fevereiro de 2012 às 18:57

    Camila,
    to querendo muito fazer esse curso. Em qual CLSC ce tá fazendo e como se chama?

  5. Camila Disse:
    7 de fevereiro de 2012 às 19:11

    Oi, Renatinha, fiquei de responder sua mensagem no Hemisfério Novo, mas já que você apareceu por aqui… =)

    Olha, eu faço no CLSC Métro: http://www.csssdelamontagne.qc.ca/pour-nous-joindre/clsc-metro/

    Não sei como funciona o esquema, se é preciso fazer o curso oferecido no CLSC do bairro de residência da família. Você pode ligar pra lá e saber se pode fazer em qualquer centro. O nome do curso é “Getting to know your baby” / “Connaître son bébé”.

    Boa sorte e depois me conta como foi?

  6. Dayane Disse:
    7 de fevereiro de 2012 às 21:32

    Que graçinha! Esperta desde cedo! hehe

  7. Vaneska Disse:
    13 de fevereiro de 2012 às 07:04

    Rapaz… A quem puxou essa meNina? Nem imagino… LINDA, Mila, Nina é uma troça!!!

Comente