Voltando a malhar

Eu tava animadona pra voltar a correr. E hoje tudo deu certo! Nina acordou, mamou e voltou a dormir a tempo de me deixar ir à academia e retornar antes da hora de marido levantar pra pegar no batente. Até o tempo tava gostoso pra me fazer deixar ainda no escuro o quartinho aquecido: aprazíveis – 8°C (juro que não estou sendo irônica).

Daí que saí linda (cê jura?), loira (oi?) e saltitante (pulando os montes de neve), sonhando em retomar o treino. Chego na academia confiante, cumprimento com um sorrisão a nova recepcionista, subo feliz na minha esteira de estimação e começo: 2 minutos de corrida e 1 de caminhada, pra não forçar o corpo que há meses não acelera. Nos fones, “Da lama ao caos”, de Chico Science & Nação Zumbi, meus fiéis companheiros de malhação.

Tava tudo esplêndido até que…

A filha de chocadeira moça da esteira ao lado tira a camisa e começa a correr só de top, sambando na minha cara a barriga magriiiiiiiinha-magriiiiiiiinha. Mas que bosta de país é esse em que mulheres com aquele corpo podem ficar ao lado de recém-paridas? Essa merda desse Canadá não tem uma lei que proíba isso? Cadê o poder judiciário quando a gente precisa dele? Cadê autoridade policial?

Cadê vontade de viver?


“Molambo eu”

7 comentários em “Voltando a malhar”

  1. Nayra Disse:
    17 de janeiro de 2012 às 12:20

    kkkkkk…te entendo perfeitamenteeeee, mas pelo menos ai no Canadá a garnd emaioria do tempo estão todos cobertos de rpoupas por causa do frio..então mal se vê uma barriguinha de recém-parida..e por aqui que anda todo mundo praticamente nú…..bjs..adorei esse post

  2. Ludmila Disse:
    17 de janeiro de 2012 às 12:45

    menina, marcel já fez 4 meses e eu ainda não consegui voltar ao pilates, buáaaaaa…

  3. Paloma Disse:
    17 de janeiro de 2012 às 18:23

    Menina, vc é que não deveria dar este mau exemplo para as recém-paridas (este conceito se aplica até os dois anos da cria e não aceito opiniões cvontrárias) e sedentárias de plantão! Com uma bebê pequeNina e fofa em casa e o inverno canadense, vc tem TODOS os motivos do mundo para ser (pelo menos um pouco) sedentária e vai esfregar esta vontade louca de malhar nas outras? Tá errado isso, Camila!!! Beijos

  4. Grazi Disse:
    17 de janeiro de 2012 às 19:47

    Poxa, Camis! Desde que Yumi nasceu que eu tento voltar a malhar! Veio Riki e ainda não consegui! Rsrsrs Você quer me matar, é?

  5. Keiko Disse:
    17 de janeiro de 2012 às 22:28

    kkk, pura verdade. Olha Miguxa, acredite se quiser mas hoje eu tb consegui voltar pra academia! Sincronia! Hoje! Agora pense assim: para cada menininha de top e barriga sarada, existe a outra moça da esteira ao lado que não se classifica como recém parida há pelo menos 2 anos e ainda assim, tem a barriga bem mais gelatinosa, celulitosa e horrorosa do que a sua! E não duvide pq eu sou capaz de propor um duelo!

    Vou ali comer um pedaço de chocotone pq afinal de contas, eu queimei 181 calorias na &*ˆ% da esteira hoje (o equivalente a 1/20 de meia fatia de chocotone!)

    eh um mundo muito injusto!!
    Keiko

  6. Pare de tomar a pílula » Blog Archive » Xô, estria! Disse:
    22 de janeiro de 2012 às 06:28

    […] que esse blog virou o muro das lamentações fúteis, eu vou contar uma historinha pra vocês, que culminará na dica preciosa de um produto […]

  7. Pare de tomar a pílula » Blog Archive » Pariu, então é hora de estar linda, minha cara Disse:
    29 de fevereiro de 2012 às 11:17

    […] até agora falam de beleza, ou da tentativa de atingi-la, recuperá-la, evitar estragos, que seja. Num deles, me queixo da menina com a barriga de tábua que corria na esteira ao lado da minha; no outro, […]

Comente