Sambando na cara da insônia

Eu preciso compartilhar esse momenro com vocês. E tem de ser em caixa alta:

AOS DOIS MESES E 10 DIAS DE VIDA, NINA DORMIU A NOITE TODA!

Cadê fogos de artifício? Pode sair de chinelo na neve? Posso abraçar estranhos na rua?

Tá, eu sei, eu sei. Ela ainda é muito pequenininha pra dizer que, a partir dessa noite, se instala uma tendência de horas e horas de sono noturno, mas, pô, posso comemorar? Só hoje?

2 comentários em “Sambando na cara da insônia”

  1. Karine Disse:
    3 de fevereiro de 2012 às 08:12

    HAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!
    Pode comemorar sim, minha irmã!!!!
    Bjs,
    K

  2. mari mari Disse:
    6 de fevereiro de 2012 às 18:37

    Os meus também engataram noites inteiras com essa idde. Quando vai chegando ali nos seis meses, voltam a acordar pra mamar (pra mamar, mas nao ficavam acordados, mamavam e dormiam). TEnho a impressao que acordam de fome, porque com 6 meses já ta na hora de comer. O mais velho parou de acordar de madrugada depois que a alimentacao solida estabilizou (levou ali um mes e meio, mais ou menos). A pequena… bem, ela nunca estabilizou na comida entao ainda acorda. Mas deixa ela de lado. O importante é ir entendendo o que faz o bebe acordar de madrugada, e o que ajuda a dormir, desde rotina, ate o tanto de soneca num dia, o horario da ultima soneca, passeios, visitas. Mas nao sai de chinelo na neve nao! Comemore, durma, aproveite!

Comente