Pode me chamar de Brooke Shields

Esse negócio de ter nenê longe da família preocupa, mas, surpreendentemente, não a mim. Meu pai, por outro lado, sabendo do trampo danado que são os primeiros dias com um recém-nascido e, principalmente, conhecendo bem a filha dele, me perguntou, no fim da gravidez:

– Filha, você está lidando bem com o fato de ficarem só você e Maurício com Nina?

– Sim, estou incrivelmente tranquila e confiante. Acho até que vai ser melhor assim.

– É… Tem razão! Se até os meninos d’A Lagoa Azul conseguiram, por que vocês não dariam conta, né?

Maurício e eu curtindo o primeiro banho de mar de Nina

 

8 comentários em “Pode me chamar de Brooke Shields”

  1. Aline/Line Disse:
    10 de janeiro de 2012 às 07:40

    Ha ha ha ha!!!! Você teve “a quem puxar”, rs.

  2. tati Disse:
    10 de janeiro de 2012 às 09:39

    Adorei teu pai :)

  3. Ana Beatriz Disse:
    10 de janeiro de 2012 às 09:51

    A sapiência dos Novais! Concordo sempre…

  4. Ana Beatriz Disse:
    10 de janeiro de 2012 às 09:52

    Ps. Não só conseguiram como uma segunda geração foi criada na Lagoa Azul! Vai com tudo Camila!

  5. Tais Disse:
    10 de janeiro de 2012 às 11:59

    É isso aí Miloca! Tb vivo na lagoa azul e acho otimo! A gente acaba vivendo a maternidade intensamente e fazendo tudo do nosso jeitinho. As dificuldades vao se tornando menores ao passo que vamos adquirindo experiencia! My name is Brooke tb, rsrs! (seu pai é ótimo, kkkk).

  6. Vaneska Disse:
    10 de janeiro de 2012 às 12:14

    Gente, que figura é essa????

  7. Gabriela Disse:
    11 de janeiro de 2012 às 13:50

    Muito bom. Só se mantenham longe das frutinhas vermelhas, viu?

  8. Vanessa Gaspari Disse:
    1 de fevereiro de 2012 às 16:39

    Claro, era seu pai que tinha um Kadet amarelo ovo! Tinha que ser SEU pai!!!

Comente