2 meses de Nina

Ou “Cadê o recém-nascido que tava aqui?”

Aquele trocinho pelancudinho e que pouco interagia sumiu. Puf! Desapareceu! Agora, a menininha que morou 41 semanas e 1 dia na minha barriga sorri horrores, faz caras atentas quando o pai canta uma música nova e trava longos diálogos com os avós paternos, que vieram do Brasil encarar o inverno canadense só para conhecê-la.

Minha pequena mira os nossos olhos como se pudesse acessar a nossa alma. Como olha fundo a minha menina, desarmando o meu cansaço e solidificando uma intimidade cuja dimensão será sempre um assombro para mim. Amém!

Às vezes faz com as mãos gestos idênticos aos do avô materno; ao pai, às vezes, lembra o irmão mais velho; para a avó materna, às vezes, vem a imagem da minha cunhada quando nenê; eu, às vezes, vejo minha irmã… É assim… Às vezes vamos reconhecendo a mistura que ela carrega, a expressão daqueles que a antecederam. Um caldeirão genético que a faz única.

Obrigada, minha pinduquinha, pela confiança irrestrita. Prometo estar sempre atenta para lhe fazer jus.

7 comentários em “2 meses de Nina”

  1. Line Disse:
    15 de janeiro de 2012 às 09:33

    Chorei… Ah, com licença, mas já que você mesma comentou, tb achei ela parecida com Fernanda, tua irmã. Ela tem um olhar profundo realmente. Esta menina é mágica! Bjs!!

  2. Nanda Disse:
    15 de janeiro de 2012 às 10:45

    Line, tomo como um SUPER elogio que ela se parece comigo porque essa minha sobrinha é linda demais!!!! hahahaha

    Tô indo, Ninoca, pra passar um pedaço dos seus dois meses com você :)

  3. Grazi Disse:
    15 de janeiro de 2012 às 11:27

    Parabéns, Camis! Chorei porque vejo refletidas em suas palavras também cada sensação que já vivi com os meus dois amores!
    Que vocês sejam sempre abençoados! Beijos mil,
    Grazi

  4. DJ Disse:
    15 de janeiro de 2012 às 12:05

    Que você escrevia muito bem, eu já sabia. Mas com tanta poesia e ternura…
    Falou, Camila.

  5. Paloma Disse:
    15 de janeiro de 2012 às 14:13

    Poético e lindo, o texto faz jus à filha!
    Beijos

  6. Aline/Line Disse:
    16 de janeiro de 2012 às 11:18

    Nanda, Nina é linda mesmo e você e Camila são lindas tb, então, minha filha, é a genética… Não tem jeito!

    Beijos!

  7. Vanessa Gaspari Disse:
    1 de fevereiro de 2012 às 16:42

    Mila, ela é lindíssima!!!!

Comente