Romance é pra quem pode

11 e meia da manhã de uma segunda-feira, exalando o azedume de sucessivas golfadas no ombro, ainda de pijama, com uma recém-nascida pendurada no sling e o cabelo d-a-q-u-e-l-e j-e-i-to, eu vou atender a porta. Um rapaz tem um arranjo de flores nas mãos e me pergunta se eu sou Camilá Nové. Resposta afirmativa, ele me entrega aquela lindeza. Leio o cartão: marido carinhoso mandou flores pelo nosso aniversário de casamento.

Eu tremo.

Pego o celular e ligo pra ele, aos prantos, pedindo perdão por ter esquecido do nosso dia. COMO ASSIM EU ESQUECI? É… Esqueci completamente. Esquecimento digno de Oscar. Mané Oscar! Esquecimento digno de um Nobel. É… Virei uma monstra insensível! A (falta de) rotina de Nina me absorveu de uma forma tal que eu simplesmente apaguei esse dia da minha mente.

Inconformada com o meu esquecimento, pergunto:

– (Gaguejando) Quando você lembrou da data?
– Semana passada.
– Mas por que você não falou comigo, já que lembrou?
– Ah! Por que eu queria fazer surpresa!

A conversa segue. Eu continuo chorando de culpa e de alegria pelo companheiro maravilhoso que tenho até que pergunto:

– Mas por que você deixou pra mandar as flores hoje?
– Ué! Porque é hoje o dia!

Diante dessa resposta, eu gargalho e quase acordo a bebê no sling. Do outro lado da linha, o marido, já acostumado à naturalidade com a qual sua mulher alterna entre “choro compulsivo-gargalhada histérica ad infinitum”, pergunta:

– Você tá rindo de quê?
– (Engasgando com a risada) É que nosso aniversário foi sábado da semana passada.

12 comentários em “Romance é pra quem pode”

  1. Jussilene Disse:
    13 de dezembro de 2011 às 16:37

    que-re-mos FOTOs!
    que-re-mos FOTOs!
    Eu não sei, só estou passando o clamor das ruas.

    Cami!! beijos!!!
    e Feliz aniversário de casamento! (mais atrasado ainda. hehehe)
    cheiro em Nina

  2. Helena Disse:
    13 de dezembro de 2011 às 22:33

    Kkkkkkk Amei! Uma vez marido, sempre marido!! Amiga, essa falta de romance passa, viu? Gradativamente… Qdo Nina fizer 2 eu garanto que vc nem lembrará mais dessa “parte chata”: eu mesma nem lembro mais… Acho que é o mecanismo da natureza para continuarmos procriando – amnésia pós-parto… Kkkkk
    Bjão, um cheiro em Nina!

    PS: tb quero foto!
    PS 2: a sua caaaara chorar!

  3. stela Disse:
    14 de dezembro de 2011 às 00:24

    Adorei Mila!kkkkk

  4. Vaneska Disse:
    14 de dezembro de 2011 às 20:25

    hahahahahahaha
    Adorei!
    Adorei tudo, mas estou completamente arrepiada aqui… Feliz da vida por você ter uma parceria tão boa, tão gostosa com Maurício… Que coisa mais linda…
    Beijo,
    Mite.

  5. Marcia nocera Disse:
    14 de dezembro de 2011 às 23:13

    Camila,
    Continuo insistindo, voce deveria escrever um livro com os seus posts! São ótimos!
    Beijo

  6. Marcia Nocera Disse:
    14 de dezembro de 2011 às 23:14

    Camila,
    Continuo insistindo, voce deveria escrever um livro com os seus posts! São ótimos!
    Beijo
    Marcia

  7. Jaqueline Disse:
    15 de dezembro de 2011 às 00:04

    Estou rindo aqui tb! rs
    Maridos!

  8. Ariane Disse:
    19 de dezembro de 2011 às 16:49

    ahahahahahahahaha

    Adorei!!!!!

  9. nadja Disse:
    20 de dezembro de 2011 às 01:28

    meninaaaaa, pelamordedeusss, me “poquei” de rir aqui, tem jeito não, vc é engraçada demais!!!!

  10. Tais Disse:
    22 de dezembro de 2011 às 14:18

    kkkkkkk!!! Amei Milaaaa!! E obrigada por me lembrar que o meu aniversário de casamento tb está chegando, rsrs. Bjs!

  11. Pare de tomar a pílula » Blog Archive » O que sinto nesse dia da mulher Disse:
    8 de março de 2012 às 11:22

    […] festa no meu aniversário, tenho uma revoltinha adolescente com o Natal e agora, aparentemente, nem do dia do meu casamento eu lembro mais. E aí tem o Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje. Data necessária. […]

  12. Batone Disse:
    15 de abril de 2013 às 10:57

    Super divertido! E romantico tb!

Comente